28° C

Arquivo público estadual Jordão Emerenciano
Governo do Estado do Pernambuco

Notícias

Notícias

Geraldo Julio participa da assinatura da Carta de Intenções PE no Clima

O evento fez parte do painel “Neutralidade de carbono na América Latina: o caso de Pernambuco”

ARB foto 

 

Um dia após o lançamento do Plano de Descarbonização de Pernambuco, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e presidente para a América do Sul e enviado especial para a América Latina do ICLEI (Governos Locais pela Sustentabilidade) e aniversariante do dia, Geraldo Julio, participou, na manhã desta quinta-feira (17), no auditório do Centro de Artesanato de Pernambuco, do evento da assinatura da Carta de Intenções PE no Clima, entre o Governo do Estado e o próprio ICLEI. Através deste acordo, será possível capacitar as prefeituras do Estado para que consigam alcançar as metas de neutralidade de emissões de carbono até 2050.  

A assinatura do documento fez parte da programação do painel “Neutralidade de carbono na América Latina: o caso de Pernambuco”, dentro do I Encontro Nacional ICLEI Brasil. Além de Geraldo Julio, fizeram parte das discussões o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, José Bertotti; a sua executiva, Inamara Melo; a coordenadora de Programas da Delegação da União Europeia no Brasil, Stephanie Horel; a vice-embaixadora do Reino Unido, Melanie Hopkins; e o secretário Executivo do ICLEI América do Sul, Rodrigo Perpétuo.

No seu discurso, Geraldo lembrou que esse trabalho de “prosperidade com respeito ao meio ambiente”, começou há dez anos, quando ainda era o prefeito do Recife.  “Iniciamos um intercâmbio com o que estava acontecendo no mundo. Foi daí que a gente viu a importância da ligação da União Europeia com o Brasil. Muito do que foi feito no Recife, nesses dez anos, teve a participação da União Europeia. E essas portas foram abertas pelo ICLEI. Então começamos a desenvolver ações sempre com muito senso de urgência, mas baseados na Ciência para que os resultados aparecessem. Então, a gente começou na PCR com o inventário, para fazer o levantamento das emissões. Tinha que ser assim”, afirmou.

O secretário fez questão de dizer que acredita que o Plano de Descarbonização de Pernambuco tem tudo para alcançar o objetivo de neutralizar as emissões de carbono até 2050. “Essa seção de hoje aqui sobre reduzir as emissões celebra um plano estadual feito com base em critérios técnicos. O plano foi concebido graças às parcerias internacionais, às metodologias que são as melhores práticas globais, tudo de maneira técnica, com base na ciência, para que, aí sim, os resultados possam ser medidos, apurados e realmente alcançados”, justificou.

Geraldo frisou a importância deste plano ser concebido a várias mãos. “O Plano de Descarbonização não é apenas da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade, que coordenou todo o processo com muita competência, e sim de todo o Governo do Estado com as suas diversas secretarias para que os compromissos fossem assumidos por todos. Puxando para o meu lado, é claro que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico tem o seu papel, pois, antigamente, existia essa dicotomia de que desenvolvimento econômico não combinava com sustentabilidade. Hoje, a participação de uma secretaria de Desenvolvimento Econômico é o passo número um para saber se, lá na frente, a gente vai ter sucesso ou não. Eu procuro defender todos os dias as causas que eu acredito como presidente do ICLEI e que me formei como cidadão”, complementou.

O gestor reforçou ainda que o enfrentamento às mudanças climáticas necessita de pressa. Segundo ele, o tempo está cada vez mais curto. “A cada dia, a humanidade, em vez de estar mais perto das soluções, está um pouco mais distante de alcançar os objetivos. É por isso que já estamos falando em adaptação e resiliência, pois as consequências já estão aí. Mas é com ações como essa do Plano de Descarbonização, que a gente tem condições de alcançar as metas, por mais desafiadoras que pareçam. Que e agente permaneça firme no que foi decidido no Acordo de Paris”, concluiu, sendo logo após homenageado pelos presentes, com direito ao tradicional “Parabéns pra você” e a entrega de uma cesta de brindes do ICLEI ao aniversariante.